15 Out 2017

Imponência e negócios milionários

São as gigantes da feira. De longe, chamam a atenção e despertam a curiosidade até mesmo de quem não trabalha com máquinas e equipamentos pesados. Na área externa do parque de exposições Tancredo de Almeida Neves, são 58 expositores, a maioria, ligados ao setor de maquinário. Não é difícil encontrar crianças e adultos encantados com a imponência das máquinas e registrando em fotos a admiração pelos produtos.

O segmento tem peso significativo para a feira, não só pelo impacto visual, mas principalmente pela movimentação econômica. “É um setor extremamente importante pelo valor agregado. Estimamos que responde por 30% por cento dos negócios”, diz o coordenador geral de negócios, Claudinei Pacheco.

Entre os expositores, no geral, a avaliação é positiva. Pedro Marchi é diretor da Mantomac e diz que as vendas já superaram a expectativa. “ Diferente de outras feiras, a Efapi passou a ser um evento de negócios. Quem passou por aqui veio para comprar ou pesquisar para fechar a compra em breve”. A previsão é chegar ao fim da feira com um total de vendas entre 10 a 12 milhões de reais. O destaque é uma máquina hidrostática utilizada para terraplanagem, com aplicação nos setores florestal, cerâmico, carbonífero e agropecuário. Especialmente na Efapi, está sendo vendida a R$ 729 mil.

Na Tecnosafra, representante da marca John Deere, o clima também é de otimismo. “É uma feira importantíssima, uma verdadeira vitrine para os nossos produtos e um momento em que podemos estreitar o relacionamento com os nossos clientes”, afirma o gerente comercial Divar Pertussati. A empresa veio para a Efapi com a expectativa de vender 2 milhões de reais.Já alcançou R$ 3 milhões e considerando os negócios que serão consolidados após o evento, esse valor poderá chegar a R$ 5 milhões. Um dos produtos mais procurados é a colheitadeira com tecnologia avançada, que permite preservar a qualidade dos grãos e custa R$ 650 mil.

A prospecção de negócios é um dos pontos altos para o setor. Gionas Paulo Mezzomo, gerente de vendas da Macromaq Equipamentos, aposta na Efapi como uma ferramenta de divulgação. “ Nosso carro-chefe é a locação de equipamentos e atualmente, nosso segundo maior cliente de locação chegou até nós através da Efapi, há oito anos”. A empresa também trabalha com a venda de máquinas e implementos, que estão com 20% de desconto na feira. O volume de negócios deve passar dos R$ 2 milhões.

Alison Lanzzarin, gerente de vendas da Bugio diz que o clima chuvoso prejudicou um pouco os negócios. Mesmo assim, foi possível prospectar clientes e divulgar as novidades, como o pulverizador que promete aplicação mais uniforme do produto. Na feira, o preço é R$ 650 mil. Os descontos oferecidos durante a Efapi variam entre 5% e 8%.

A Pippi Máquinas, representante da Massey Ferguson, apostou nos descontos para atrair os consumidores. A redução nos preços é de 8%. A linha nova de tratores e uma colheitadeira com tecnologia híbrida exclusiva são os maiores atrativos. A máquina que promete reduzir perdas, aumentando a produtividade sai por R$ 640 mil. O gerente de vendas Ladair Peroza também esperava um movimento maior, mas diz que “é uma oportunidade importante para divulgar a marca e projetar futuras parcerias”.

“É uma porta de entrada para fechar o negócio. Sabemos que muitos se efetivam após o evento, daí a importância dos expositores estarem presentes, garantindo visibilidade para seus empreendimentos e abrilhantando a nossa feira”, conclui Pacheco.

Compartilhar:

2017 Todos os direitos reservados