12 Out 2017

Preservação e educação ambiental presentes na EFAPI 2017

Um espa√ßo que re√ļne diversos √≥rg√£os que atuam para a conscientiza√ß√£o ambiental est√° na entrada do Parque de Exposi√ß√Ķes Tancredo Neves durante a EFAPI 2017 ¬Ė 50 Anos. O estande da Pol√≠cia Militar Ambiental apresenta atra√ß√Ķes para adultos e crian√ßas. Integram o local tamb√©m o Minist√©rio P√ļblico de Santa Catarina, Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura Urbana, Unochapec√≥, Funda√ß√£o do Meio Ambiente (Fatma), Grupo de Apoio a Gest√£o do Parque Estadual das Arauc√°rias (Grimpeiros), Ecosol, F√≥rum de Res√≠duos S√≥lidos e Comit√™ de Bacia Hidrogr√°fica.

Para fortalecer a parceria, os √≥rg√£os se reuniram no estande nessa semana. De acordo com o coordenador geral da EFAPI, Marcio Sander, a inten√ß√£o √© dar continuidade ao trabalho ap√≥s a feira. ¬ďUm dos objetivos √© criar alternativas para o Parque de Exposi√ß√Ķes e ocup√°-lo com a√ß√Ķes de conscientiza√ß√£o e educa√ß√£o ambiental durante todo o ano¬Ē.

O comandante do Batalh√£o de Pol√≠cia Militar Ambiental de Chapec√≥, tenente coronel Jorge Luiz Haack, ressaltou que ap√≥s a feira ser√° feito o plantio de mudas de √°rvores nativas. ¬ďO projeto est√° em andamento e o local e quantidade ainda ser√£o definidos¬Ē. Para o gerente regional da Fatma, Rafael Gasparini, a feira √© um excelente local para trabalhar a conscientiza√ß√£o ambiental. ¬ďEstamos num local privilegiado no parque, apresentando a atua√ß√£o de cada um dos org√£os e esclarecendo d√ļvidas dos visitantes¬Ē.

A atua√ß√£o conjunta para a sensibiliza√ß√£o e conscientiza√ß√£o antes da aplica√ß√£o de multas foi enfatizada pelo promotor de justi√ßa e coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (CME) do Minist√©rio P√ļblico de Santa Catarna, Paulo Antonio Locatelli. ¬ďA nossa finalidade √© atuar em car√°ter preventivo, o que facilita o trabalho de fiscaliza√ß√£o e reduz as a√ß√Ķes punitivas. O estande consolida o que j√° acontece fora da feira que √© a atua√ß√£o conjunta e integrada de todos esses √≥rg√£os¬Ē.

O subcoordenador da Comiss√£o de Meio Ambiente da EFAPI, major Sadiomar Dezordi, destacou que foi feito um projeto de gest√£o de res√≠duos s√≥dilos da feira, com orienta√ß√£o aos expositores e destina√ß√£o adequada tanto para os materiais recicl√°veis e org√Ęnicos quanto para oos res√≠duos produzidos no setor agropecu√°rio. ¬ďDurante a feira, al√©m do trabalho de conscientiza√ß√£o, estamos fazendo a fiscaliza√ß√£o¬Ē, frisou.

ATRA√á√ēES

No local, o p√ļblico pode ver de perto viaturas da Pol√≠cia Militar Ambiental, embarca√ß√Ķes apreendidas em opera√ß√Ķes contra a pesca irregular, al√©m de receber mudas de plantas nativas e material informativo sobre a preserva√ß√£o ambiental. Outro atrativo do espa√ßo √© o T√ļnel da Biodiversidade, organizado pela Unochapec√≥, onde √© poss√≠vel conhecer animais nativos do Estado, frutos de ca√ßa ilegal ou v√≠timas de acidentes nas estradas, que passaram por um processo de conserva√ß√£o. Esp√©cies como o rat√£o do banhado, o guaxinim e o tucano est√£o em exposi√ß√£o.

Compartilhar:

2017 Todos os direitos reservados